O legado da 7ª geração parte final - As tendências




Eu considero uma das melhores adições dessa geração o sistema de conquistas, implantado pela Microsoft e melhorado pela Sony. Como funciona? Cumprindo certos requerimentos dentro dos jogos, te presenteia uma conquista/troféu. No caso da Sony, os troféus são classificados em bronze, prata e ouro. Ganhe todos os troféus de um jogo e lhe é conferido um troféu de platina, para mostrar que você alcançou todos os objetivos daquele jogo. Esse sistema foi ótimo, pois nos faz dar mais valor ao jogo, explorá-lo mais, e aumenta muito a vida útil dele. A Microsoft agora está tentando "expandir" esse sistema, te dando conquistas por assistir tv, acompanhar uma série ou comprar o console no primeiro dia muito fail isso, mas também, o Xbox One não é pra jogar, e sim pra assistir tv né. A Nintendo até agora não implantou nenhum sistema parecido, o que eu acho uma pena. Ela diz que não segue as tendências dos concorrentes mas colocou p**** de DLC nos jogos né? 

Não é segredo pra ninguém que o Wii vendeu muito por causa do novo controle de movimentos, e isso dividiu os jogadores em dois:

Hardcore - o jogador padrão que passa horas jogando, aquele que se aprofunda na história e nas mecânicas dos jogos;
Casual - aquele que é capaz de jogar por apenas 5 minutos, não quer saber de história ou de jogos melhores desenvolvidos, geralmente se contentam com joguinhos de celular ou de Facebook.





Esse controle foi um dos problemas no Wii no quesito de vendas de software. Mas a Nintendo vendeu muito hardware, e a Sony e Microsoft, vendo esse tamanho número de vendas, tentaram abocanhar uma parte desse novo tipo de mercado casual, e lançaram respectivamente o PS. Move e o Kinect. O Move é apenas uma cópia melhorada do Wiimote (o controle do Wii) e o Kinect tentou inovar ao utilizar capturas de movimento pela câmera, deixando os jogadores sem um controle na mão. São praticamente add-ons para os consoles, e como a história já nos mostrou, esses add-ons deram tão certo, logo foram abandonados pelas empresas, mas mesmo assim todos serão levados para a oitava geração.

Nessa divisão dos jogadores, vimos a ascensão dos mobile games, joguinhos simples para os casual gamers, lançados para o celular, muitos deles grátis ou bem baratinhos. Porque esses novos 'jogadores' não pagariam $60 jamais em um jogo de verdade, e isso gerou os jogos free-to-play, que por sua vez gerou as polêmicas micro-transações.

Entenda: os jogos são lançados gratuitamente para todos, e o lucro desse jogo vem da venda de itens in game. Muitos deles tem acesso privilegiado a quem gasta dinheiro dentro do jogo, muitas vezes impedindo o avanço do jogador, o obrigando a gastar dinheiro ou esperar. Jogos assim passaram a ser chamados de pay-to-win, onde só avança de verdade quem gasta dinheiro real.

As tendências onlines já foram mencionadas na parte anterior. Uma outra tendência dessa geração, que eu particularmente gostei muito, foram os jogos remasterizados em HD, onde as empresas lançaram várias coletâneas de jogos da sexta geração convertidos em HD para rodar melhor nas novas tvs padrão. Era uma chance de jogar os jogos de novo, e também permitia aqueles que não os tinham jogado, jogar.

A comparação entre Metal Gear 2 normal no PS2 e em HD no PS3

Vimos a ascensão dos indie games também. Indie games são jogos de produtoras independentes, que não seguem tendências dos outros jogos, são jogos que procuram passar uma experiência diferente ao jogador. Muitos indie foram lançados nas lojas online dos consoles, e alguns fizeram muito sucesso, como Limbo. Recomendo à todos o filme/documentário Indie Game: The Movie.

Limbo, o sucesso indie
Tudo isso será levado para a oitava geração? Eu acredito que sim. Pelo que pudemos ver o sistema de conquistas tentou ser foi expandido, os controles de movimentos foram mantidos (menos o Kinect, que ganhou uma versão 2.0), o mercado casual ganhou mais força e ameaça o mercado de portáteis,  os free-to-play infelizmente continuam se proliferando. As coletâneas em HD eu acredito que também continuarão na próxima geração, e os indies já marcarão presença desde o começo.

E isso foi o que aconteceu nesses 7~8 anos dessa sétima geração, a mais longa até agora. Se você vai comprar um PS4 ou um Xone, seja bem vindo à oitava geração, aproveite bastante! 

CONTATO:

theplayerhood@gmail.com
© Copyright 2015 Playerhood. Designed by Bloggertheme9 | Distributed By Gooyaabi Templates.